Home / DESTAQUE / Servidores com salários suspensos procuram gestão municipal de Sta Filomena-MA para regularização da situação

Servidores com salários suspensos procuram gestão municipal de Sta Filomena-MA para regularização da situação

Na última segunda feira, dia 11 de março, a diretoria do SINTESPEM e assessoria jurídica juntamente com os servidores das categorias de agentes de endemias, professores e veterinária  foram até a sede administrativa do município para conversar com membros da administração a respeito das irregularidades cometidas pelo governo no mês de fevereiro quanto ao decreto do prefeito Idan Torres (PDT).

Os agentes de endemias tiveram o aumento do piso salarial nacional na competência janeiro e logo no pagamento fevereiro voltaram a receber o salário anterior. Quanto aos demais que tiveram seus pagamentos da competência fevereiro suspensos pela gestão procuram saber os motivos bem como o retorno do pagamento imediatamente.

O secretário de administração, Sr. Bonifácio, recebeu a diretoria do sindicato mais uma servidora representando todos que não receberam seus vencimentos. Na reunião o secretário justificou que retroagiu o pagamento do piso dos agentes de endemias porque não houve repasse de recursos federais com aumento da receita, mas assim que houver o reajuste pagará as diferenças e reimplantará o piso. Os dirigentes argumentaram que essa justificativa não é plausível e que a municipalidade deve se organizar para garantir o direito da categoria. A respeito da suspensão dos pagamentos o secretário não soube explicar o por quê e afirmou que esse assunto está com o sub procurador, Dr. Marcelo, que não se encontrava na prefeitura para explicar o mal feito da gestão. Suspender salários foi um ato ilegal, desrespeitoso que afrontou a Constituição Federal e o próprio decreto municipal que versa sobre o acúmulo de cargos dos servidores municipais. Através do decretos todos os servidores citados fizeram suas justificativas em tempo hábil e sem processo administrativo se quer instaurado a gestão suspendeu os salários de cerca de dez servidores e também lotou dirigentes sindicais com mandato classista.

Na ocasião o SINTESPEM protocolou ofício à gestão solicitando esclarecimento sobre o ocorrido e o  pagamento imediato dos servidores que não receberam, fez a solicitação de uma reunião com o prefeito e procuradoria para tratar da pauta em questão.

Sobre Gelilson Gonçalves

Veja Também

Gonçalves Dias: Quase 230 servidores terão audiência de processos contra a prefeitura local no final deste mês

Estão agendadas as audiências de 39 processos dos servidores públicos de Gonçalves Dias contra a ...