Atrasos de salários e não cumprimento de acordos levam servidores de São José dos Basílios às ruas da cidade nesta sexta 16/11

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp

O município de São José dos Basílios administrado pelo prefeito Creginaldo Rodrigues “Farinha Paé” vem passando por muitos problemas, sobretudo na parte financeira. O prefeito, professor efetivo do município, vem pagando as folhas dos servidores, inclusive de seus pares, sempre com atrasos desde o início deste ano de 2018, que já se iniciou com ato público realizado no dia 8 de janeiro por pendências da gestão com os servidores.

Nesta sexta feira (16) houve uma assembleia geral pela manhã onde foram aprovadas a previsão orçamentária da entidade para 2019 assim como a pata de reivindicação dos servidores para o ano seguinte. Como nada foi cumprido este ano, a pauta de 2019 praticamente dobrou. A assembleia deliberou que se as pendências não foram sanadas até o mês de janeiro, quando for iniciar o ano letivo de 2019 haverá greve, ou seja, só iniciam as atividades com a regularização das pendências.

Após a assembleia os servidores realizaram protesto na praça central da cidade devido os constantes atrasos de salários e algum acordos não cumpridos, como por exemplo, o reajuste do piso salarial dos professore que até agora foi implantado apenas 1% (um por cento) e a informação da RAIS do servidor para que possa receber o abono do PASEP, a gestão informou apenas parte dos funcionários, dentre outros itens não cumpridos.

TV Sintespem